Skip to main content
Gestão de Pessoas

Como fazer gestão estratégica de pessoas? 5 dicas para aplicar

By agosto 20, 2021No Comments

A gestão estratégica de pessoas é um processo atual de recursos humanos, que visa ao equilíbrio organizacional. A ideia é ajudar a empresa a melhorar o desempenho, enquanto favorece a motivação e o crescimento dos colaboradores.

Além disso, ela adota uma gestão holística e horizontalizada. Aliás, vem daí a célebre frase de Chiavenato: “gerir pessoas é responsabilidade de linha e função de staff”. 

Isso significa que o gerente assume a responsabilidade de gerir, e o profissional de RH atua ao seu lado, proporcionando apoio no que for necessário.

Acompanhe a leitura e saiba como aplicar a gestão estratégica de pessoas na sua empresa!

O que é gestão estratégica de pessoas?

Gestão estratégica de pessoas é a aplicação de condutas típicas de recursos humanos, alinhadas ao planejamento estratégico da organização. 

Assim, ações de recrutamento e treinamento, por exemplo, precisam estar condizentes a missão, visão, valores e objetivos da empresa. 

Além disso, a gestão estratégica de pessoas requer uma visão voltada ao futuro e ao longo prazo. Criar metas de desenvolvimento na carreira tende a ser um dos focos importantes.

Dessa forma, diferencia-se da antiga administração de pessoas, que tinha ênfase em regras e procedimentos e exercia uma função mais administrativa e de curto prazo.

Qual a importância da gestão estratégica de pessoas?

Adotar a gestão estratégica de pessoas proporciona diversos benefícios ao negócio:

  • aumenta a motivação dos colaboradores e, em consequência, a produtividade;
  • diminui absenteísmo e rotatividade, já que existe mais sensação de pertencimento;
  • melhora do clima organizacional, pois os trabalhadores atuam com dedicação autêntica;
  • aumenta a competitividade e o lucro do negócio;
  • promove satisfação e melhor experiência ao cliente final.

Agora, as 5 dicas para aplicar esta gestão estratégica de pessoas hoje mesmo!

Aplicar a gestão estratégica de pessoas requer atuação conjunta dos profissionais de RH e também dos gestores. Confira as dicas!

1. Tenha uma visão sistêmica

A visão sistêmica demanda conhecer o funcionamento da empresa de forma ampla. Ao planejar os processos de agregar, aplicar, recompensar, desenvolver, manter e monitorar, é preciso ter em mente tudo o que é estabelecido para a estratégia organizacional. 

Por exemplo, ao delinear um treinamento aos colaboradores, analise não somente as funções do cargo, mas também aonde a empresa quer chegar.

2. Descentralize alguns papéis

É necessário dividir responsabilidades. Por exemplo, enquanto o RH pode ajudar a definir processos de recrutamento e seleção, o gestor exerce o papel de liderar a equipe. 

No entanto, também é fundamental que RH e gestor tenham uma comunicação transparente, com troca de informações constantes. Afinal, os dois atuam juntos nas decisões.

3. Veja pessoas como parceiras

Neste método de gestão, os trabalhadores são vistos como parceiros, e não como recursos. Eles são considerados talentos inteligentes, com valor a agregar. Assim, invista em formas de reconhecimento, faça feedbacks construtivos e demonstre confiança na parceria.

4. Invista na aprendizagem organizacional

Promova uma cultura organizacional com mentalidade de crescimento. É importante que os colaboradores sejam receptivos a mudanças e inovações, afinal, aprendizados e novas experiências são fundamentais.

5. Foque no longo prazo

As ações de RH devem ter foco também no longo prazo, por isso, crie planos de carreira, implemente programas de desenvolvimento de competências e estipule sempre metas que sejam desafiantes, mas alcançáveis.

Enfim, é importante ter em mente que a gestão estratégica de pessoas é muito mais que uma simples ação de motivação ou de seleção. Ela embasa decisões importantes, além de ter um papel imprescindível no sucesso do negócio.

Gostou de ficar por dentro das informações? Aproveite que já está por aqui e confira as principais métricas e indicadores de RH!