Skip to main content
Nós já sabemos que a gestão estratégica de pessoas é o coração que mantém uma organização saudável e produtiva. Portanto, a atividade desse setor fundamental tem muito a ver com as práticas da psicologia organizacional.
Afinal, é por meio desta ciência que se vai analisar, rigorosamente, as condições de trabalho e o bem-estar dos profissionais. A partir disso, é possível estabelecer condutas efetivas para garantir um ambiente de trabalho agradável e estimulante.
Será que você sabe do que a psicologia organizacional se trata? Neste artigo, você vai conferir tudo o que você precisa saber sobre o assunto, além de aprender em quais áreas ela pode ser aplicada em sua empresa. Boa leitura!

O que é psicologia organizacional?

Psicologia organizacional é um ramo da psicologia voltada para a análise dos paradigmas de uma organização corporativa. Seu objetivo é compreender o contexto de uma empresa para garantir o melhor ambiente de trabalho a todos os colaboradores.
Dessa forma, é possível estabelecer direcionamentos que tornem capital humano mais efetivo em termos de produtividade. Com ferramentas específicas e políticas estratégicas, a psicologia organizacional otimiza:
  • recrutamento e seleção de candidatos;
  • treinamento e desenvolvimento de talentos;
  • gestão do clima organizacional da empresa;
  • orientação profissional de funcionários;
  • avaliação de desempenho das equipes;
  • segurança do trabalho, e muito mais.

Como aplicar psicologia organizacional na sua empresa?

Primeiro, o mais importante é garantir uma equipe profissional e especializada. Embora qualquer pessoa entenda os conceitos, somente um psicólogo organizacional está munido com as ferramentas corretas para produzir resultados eficazes.
Uma vez que haja uma equipe especializada em psicologia organizacional, é fundamental investir nas frentes que farão a diferença para o crescimento da organização. Confira algumas implementações essenciais para melhorar a qualidade de vida dos colaboradores.

Ergonomia

Muitos profissionais passam boa parte de sua rotina dentro da empresa. Com todas as ferramentas que utilizam em seu trabalho, é indispensável garantir qualidade da execução. Não apenas pelos resultados, mas principalmente em prol da saúde do funcionário.
Por isso, é função da psicologia organizacional avaliar as ferramentas de produtividade dos colaboradores. De calendários inteligentes a cadeiras mais confortáveis, é possível transformar o ambiente de trabalho em verdadeira fonte de inspiração.

Gestão de benefícios

A gestão de benefícios não apenas garante a satisfação do funcionário, tornando-o mais produtivo, mas também fortalece o employer branding da empresa. Isso faz da organização uma catalisadora de talentos e a destaca diante de seus competidores.
Considerar honestamente meios de oferecer mais vantagens aos funcionários, além de ser estratégico, é moral e ético. Princípios assim afetam positivamente a mentalidade dos colaboradores, e a empresa se torna uma unidade altamente competente. 

Mediação de conflitos

Não tem jeito, conflitos existirão, inevitavelmente. O objetivo da psicologia organizacional jamais será extinguir conflitos, o que seria muito presunçoso. Mas mediar os conflitos para resolvê-los, transcendê-los e torná-los oportunidades ricas de aprimoramento é possível!
Assim, com uma gestão inteligente do clima da empresa, psicólogos organizacionais são capazes de trazer novas perspectivas para velhos problemas. Com isso, a empresa com certeza pode contar não com meras soluções comuns, mas verdadeiras inovações!

Mapeamento da cultura organizacional  

Tudo isso não pode acontecer sem uma observação objetiva da dinâmica das equipes. Sendo assim, garantir essa clareza na percepção sobre o que acontece na organização depende de ações específicas e muito bem direcionadas.
Portanto, é trabalho da gestão de RH, com ajuda da psicologia organizacional, mapear a cultura da empresa. Com informações apuradas sobre a consciência geral dos funcionários sobre seu trabalho, o terreno para grandes transformações se torna altamente fértil.
Neste artigo, você descobriu que a psicologia organizacional é uma função extremamente importante da gestão estratégica de pessoas.
Garantir investimentos para esse setor não apenas reflete em performance, mas qualifica o ambiente de trabalho dos profissionais.
Quer garantir o rigor desta ciência na contratação dos seus profissionais? Para isso, é muito importante que você entenda a importância dos testes nos processos seletivos, por isso separamos mais este artigo para você, para ler, basta clicar aqui!